Concurso Público: As vinte Melhores Dicas Pra Ser Aprov

01 Apr 2019 20:48
Tags

Back to list of posts

<h1>Concurso P&uacute;blico: As vinte Melhores Dicas Para Ser Aprovado!</h1>

<p>Resolvi formar esse postagem para passar pouco mais da minha experi&ecirc;ncia como concurseira e, hoje em dia, concursada, e tentar ajud&aacute;-las a adquirir uma t&atilde;o sonhada vaga em um cargo p&uacute;blico. Para quem n&atilde;o domina, eu sou Procuradora Municipal de carreira e estou nesse cargo h&aacute; 6 anos. Dez Coisas Do Universo Nerd Que Os 50+ Precisam Amparar J&aacute; ! Nada foi gr&aacute;tis!</p>

<p>Entrei pela exist&ecirc;ncia de concurseira no momento em que colei grau no come&ccedil;o de 2005. Para quem n&atilde;o domina, pra ser advogada &eacute; necess&aacute;rio ir no t&atilde;o temido Checape da Ordem dos Advogados do Brasil, sen&atilde;o voc&ecirc; n&atilde;o poder&aacute; exercer a profiss&atilde;o. Logo, eu precisei me proporcionar muito para alcan&ccedil;ar ir no check-up.</p>
<ul>

<li>Um projeto ou um plano de neg&oacute;cios</li>

<li>Ci&ecirc;ncias Naturais</li>

<li>Poderes Legislativo, Judici&aacute;rio e Executivo</li>

<li>Tenha momentos de lazer</li>

<li>109 Hist&oacute;ria da filosofia ocidental</li>

<li>Claridade do Sol</li>

<li>Proceder pesquisas de interesse do servi&ccedil;o</li>

</ul>

<p>Comecei a fazer cursinho por fazer (pensei que o check-up era menos dif&iacute;cil). Fui para o checape e n&atilde;o passei nem sequer pra segunda fase. 6 Dados Sobre isso As Provas Do Cespe, A Banca Mais Temida o segundo e foi a mesma coisa. Deixei os estudos pra l&aacute; e me dediquei &agrave; vida de assistente administrativa. No momento em que perdi o emprego em junho de 2006, estava com a minha viagem paga pra Europa e fui para l&aacute; descansar. Curso De Sushi de viajar, meu pai me disse: “assim que voc&ecirc; voltar, n&oacute;s vamos ter uma conversa!</p>

<p>Viajei e descansei por vinte dias. Especializa&ccedil;&atilde;o T&eacute;cnica Pra Se Sublinhar O Dia , meu pai me argumentou que eu tinha somente duas op&ccedil;&otilde;es: “ou voc&ecirc; estuda, ou voc&ecirc; estuda! Assim, ap&oacute;s tantas op&ccedil;&otilde;es, eu fui muito obrigada resolvi regressar a preparar-se. Como eu estava desempregada, meu pai me deu a maior pot&ecirc;ncia e me citou que pagaria um cursinho se eu de fato me dedicasse a ele. Pesquisei muito pela internet e encontrei o Curso FMB que, na &eacute;poca, tinha um polo presencial na Via Paulista, em S&atilde;o Paulo.</p>

<p>Desse modo, come&ccedil;ou a maratona de estudos! No ano seguinte, prestei mais uma vez o Diagn&oacute;stico da Ordem. Consegui ir pela primeira fase, entretanto n&atilde;o consegui ir na segunda (quem opta Certo Processual Civil pra dissertativa???). A&iacute;, l&aacute; fui eu prestar o Exame de novo, s&oacute; que, desta vez, passei nas duas fases (escolhi Direito Processual Penal para a segunda fase)!</p>

<p>Consegui a t&atilde;o sonhada Carteira da OAB! A&iacute;, voc&ecirc;s conseguem me discutir: “passou na OAB, deste jeito, ficou rica! N&atilde;o &eacute; assim n&atilde;o! Se voc&ecirc; n&atilde;o trabalhar em um escrit&oacute;rio de renome, se especializar em uma &aacute;rea que ningu&eacute;m costuma seguir (Previdenci&aacute;rio, Eleitoral, etc.) ou ir em um concurso, voc&ecirc; n&atilde;o sai do territ&oacute;rio!</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License